Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

from my orchid kitchen

ideias simples e caseiras para (quase) todos os gostos, da minha cozinha para a vossa

from my orchid kitchen

ideias simples e caseiras para (quase) todos os gostos, da minha cozinha para a vossa

Sex | 24.01.20

CREME DE ABACATE COM CACAU E CANELA

Este creme, que muitos também poderão chamar de mousse, é uma variação do (agora) clássico creme de abacate e cacau, feito apenas com ingredientes saudáveis e é de fácil e rápida preparação.

creme-abacate-cacau-canela-avocado-cocoa-cinnamon-

 

Por vezes compro abacates que amadurecem mais depressa do que o desejado, e vai daí resolvi experimentar esta receita (feita mais ou menos em versão duplicada para servir 4 doses) e que resultou muito bem, sendo que a diferença mais significativa em relação a outras sobremesas similares de abacate é a presença da canela, que em vez de usar apenas para polvilhar no fim (como na receita original) misturei no próprio creme.

 

Receita de Creme de abacate com cacau e canela

para notas sobre a receita ler mais abaixo

 

ingredientes

3 abacates pequenos ou 2 médios

2 colheres (chá) de baunilha

5 colheres (sopa) de leite vegetal

2 colheres (sopa) de cacau em pó

3 colheres (sopa) de açúcar de côco (agave ou maple syrup)

1/4 colher (chá) de canela em pó

Raspas de chocolate branco para decorar (opcional)

 

preparação

Retirar a casca e caroço aos abacates, e cortar em pedaços.

Colocar num robot de cozinha ou liquidificador (também pode usar a varinha mágica).

Acrescentar os restantes ingredientes, excepto o chocolate branco.

Triturar bem até ficar cremoso e homogéneo (se achar muito espesso acrescente mais 1 ou 2 colheres de sopa de leite).

Dividir o creme por copos ou taças.

Decorar com raspas de chocolate branco, ou outro topping a gosto.

 

preparação Moulinex® Cuisine Companion

No interior da taça, colocar a lâmina picadora "Ultrablade" .

Retirar a casca e caroço dos abacates e colocar na taça.

Acrescentar os ingredientes restantes (excepto o chocolate branco).

Triturar durante 3 minutos, começando na velocidade 3 ou 4 e subindo até à 10, fazendo uma ou duas pausas para passar a espátula pelo interior da taça (para que tudo seja bem triturado).

Dividir o creme por copos ou taças.

Decorar com raspas de chocolate branco, ou outro topping a gosto.

 

Adaptado de "Chocolate Pudding" / Originalmente publicado em 2017

creme-abacate-cacau-canela-avocado-cocoa-cinnamon-

Os Ingredientes

Abacate - é o ingrediente principal e que vai dar a cremosidade a esta sobremesa; normalmente uso 1/2 abacate por pessoa como medida, mas dependerá também da quantidade de polpa obtida em cada fruto depois de retirado o caroço (há abacates que apresentam grandes caroços e pouca polpa).

Baunilha - é um ingrediente opcional, mas que gosto de incluir em muitas das minhas sobremesas; se houver possibilidade é sempre melhor usar extracto natural de baunilha, ou pasta de baunilha (mas infelizmente são mais caros do que o aroma artificial à venda na maioria dos supermercados).

Leite - pode-se usar de qualquer tipo; na maioria das minhas sobremesas (e também noutras receitas doces) uso leites (bebidas) vegetais principalmente aveia e amêndoa.

Cacau - é o que vai dar aquela côr e sabor a mousse de chocolate que se espera de uma receita como esta; também pode ser substituído por chocolate em pó.

Açúcar - neste caso usei açúcar de côco, mas pode-se usar em alternativa agave, açúcar amarelo ou mascavado; também já preparei este creme adoçando com maple syrup (xarope de ácer).

Canela - dependendo do gosto pode-se acrescentar mais quantidade de canela; preferi que o sabor deste especiaria não se sobrepusesse aos outros sabores presentes, por isso usei apenas 1/4 de colher de chá (aproximadamente o equivalente a uma colher de café).

Chocolate branco - é um ingrediente totalmente opcional, podendo este creme ser servido simples ou com outro topping a gosto (como nozes, amêndoas ou avelãs picadas, bolacha moída, arroz tufado,...)

 

Modo de preparação

Após triturar bem o abacate até obter um creme macio, é só acrescentar e envolver os restantes ingredientes, dividir por vários recipientes e servir, decorando a gosto com um topping à escolha. 

creme-abacate-cacau-canela-avocado-cocoa-cinnamon-

 

 

 

Obrigado pela visita

Não se esqueça de SUBSCREVER para receber cada post directamente no seu e-mail.

 

Siga o blog 

FACEBOOK  |  PINTEREST  |  INSTAGRAM

 

Qui | 09.01.20

QUADRADOS DE CENOURA E CLARAS

Sobremesa caseira fácil, onde as cenouras são o ingrediente principal deste bolo húmido, trazendo alguma doçura natural e cor intensa a estes quadrados.

(click here for recipe in english)

Quadrados-cenoura-claras-carrot-eggwhites-squares_

Quando tenho claras que me sobram de outras receitas (principalmente por altura do Natal), esta é uma das receitas a que mais vezes costumo recorrer para as gastar, também porque não requer muitos ingredientes e é rápida de preparar.

 

Receita de Quadrados de cenoura e claras

para notas sobre a receita ler mais abaixo

 

ingredientes

500 gr de cenoura

4 claras

150 gr de açúcar

80 gr de farinha com fermento

1 colher (chá) de fermento

1 colher (sopa) de manteiga, ou óleo de côco

Raspa de 1 laranja pequena (opcional)

Pitada de sal

 

preparação

Descascar as cenouras e cozê-las em água, a vapor ou no microondas, e reduzir a puré num robot de cozinha ou picadora.

Se não quiser cozer previamente a cenoura, corte-a em rodelas ou quartos finos, e pique-a crua na picadora ou no robot de cozinha.

Numa taça grande, adicionar ao puré/picado de cenoura, a farinha, fermento, manteiga, açúcar, e raspa da laranja.

Bater as claras em castelo com o sal, e envolver na mistura anterior.

Colocar numa fôrma rectangular ou quadrada, forrando o fundo com papel vegetal.

Levar ao forno aproximadamente por 25 minutos, a 180ºC.

 

preparação Moulinex® Cuisine Companion

Descascar as cenouras e cortar em rodelas, encher a taça com água até aos 0.7l, colocá-las no cesto e cozê-las a vapor (Steam-P2) entre 15 a 20min (depende da grossura das rodelas).

Rejeitar a água e colocar a lâmina (triturar/amassar), depois as cenouras, e reduzir a puré (vel.10 - 30seg a 1min) .

Se não quiser cozer previamente a cenoura, corte-a em rodelas ou quartos finos, e pique-a crua com a a lâmina (triturar/amassar)(vel.12 - 1min a 1min30seg) .

Adicionar ao puré/picado de cenoura, a farinha, fermento, açúcar, e raspa da laranja, e misturar (vel.3 - 1 min).

Retirar com a espátula o conteúdo para uma taça grande e juntar a manteiga derretida ou o óleo.

Retirar a lâmina e colocar o batedor (não precisa de lavar a taça, se tiver retirado bem toda a mistura anterior com a espátula) para bater as claras em castelo com o sal (vel.7 - 5min).

Envolver as claras no preparado de cenoura anterior.

Colocar numa fôrma rectangular ou quadrada, forrando o fundo com papel vegetal.

Levar ao forno aproximadamente por 25 minutos, a 180ºC.

 

Adaptado de "Quadrados de cenoura" da revista "Cozinha Saudável e Vegetariana" / Originalmente publicado em 2012

Quadrados-cenoura-claras-carrot-eggwhites-squares_

 Os Ingredientes

 

  • Cenoura - é o ingrediente principal e quanto mais frescas forem, mais se vai notar no sabor e côr destes quadrados.
  • Claras de ovo - vão dar consistência ao bolo e também ajudar a inserir algum ar no preparado. Nunca experimentei, mas calculo que para uma versão vegan desta receita, poderão ser substituídas por cerca de 8 colheres de sopa de aquafaba.
  • Farinha com fermento - para ligar e contrabalançar a humidade presente das cenouras e claras. Pode-se usar farinha sem glúten, mas provavelmente irá alterar ligeiramente a consistência pois alguns preparados de farinhas sem glúten absorvem mais liquido e tornam alguns bolos mais secos, mas creio que neste caso não será significativo.
  • Fermento - como tem dois ingredientes principais húmidos, o fermento ajuda a que fique um pouco mais leve.
  • Açúcar - porque a cenoura tem alguma doçura natural (mas há umas mais doces que outras...), reduzi a quantidade de açúcar para 150gr em vez dos 200gr originais. Pode-se usar açúcar de côco em substituição (provavelmente os quadrados irão apresentar outra tonalidade não tão alaranjada), ou então usar 100gr de açúcar com stevia.
  • Manteiga ou óleo de côco - qualquer uma destas gorduras pode ser usada, mas também azeite ou óleo de graínha de uva, ou mesmo manteigas/margarinas vegan (desde que refiram na embalagem que são aptas para cozinhar).
  • Raspa de laranja - A combinação de laranja com cenoura é bastante comum de encontrar tanto em doces como em salgados. De qualquer modo, refiro a raspa da laranja como opcional porque muitas vezes não costumo acrescentá-la, porque gosto do sabor próprio da cenoura.

 

Modo de preparação

 

  • Das várias vezes que fiz este doce, muitas foram aquelas em que cozi previamente a cenoura. Ultimamente porém, tenho feito estes quadrados com cenoura crua que previamente pico na picadora. Deste modo, as vitaminas da cenoura não se perdem na cozedura prévia. Para tal, basta descascar as cenouras e cortá-las em rodelas com mais ou menos 1cm de espessura e triturá-las numa picadora, processador ou no robot de cozinha.
  • Para quem quiser cozer, aconselho que a cenoura seja cozida a vapor para que a polpa não fique com demasiada água, o que vai fazer com que o bolo fique com uma consistência diferente.
  • Também poderá ser cozida no microondas (pessoalmente não sou apologista de cozinhar no microondas, principalmente legumes e frutas) e para tal basta colocar as rodelas de cenoura numa taça (ou recipiente que possa ir ao microondas) com 3 ou 4 colheres de sopa de água, tapando o recipiente com película aderente e cozer na potência máxima durante 8 minutos aproximadamente.
  • Depois de triturar ou transformar em puré, basta adicionar os restantes ingredientes: açúcar, raspa de laranja, manteiga, e a farinha misturada com o fermento.(Se preparar no robot de cozinha, adicione a manteiga/óleo fora da taça do robot para que não haja residuos de gordura na taça quando fôr bater as claras).
  • Batem-se a claras em castelo juntamente com a pitada de sal.
  • Envolvem-se as claras na mistura anterior com cuidado, vertendo tudo para uma fôrma rectangular ou quadrada (usei uma de 30x20cm) previamente forrada com papel vegetal.
  • Vai por fim a cozer a 180ºC durante aproximadamente 25 minutos, ou até começar a ganhar côr na superfície.
 

 

 

 

Obrigado pela visita

Não se esqueça de SUBSCREVER para receber cada post directamente no seu e-mail.

 

Siga o blog 

FACEBOOK  |  PINTEREST  |  INSTAGRAM