Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

from my orchid kitchen

ideias simples e caseiras para (quase) todos os gostos, da minha cozinha para a vossa

from my orchid kitchen

ideias simples e caseiras para (quase) todos os gostos, da minha cozinha para a vossa

Sex | 23.10.20

BOLO DE CASTANHA, CREME FRAÎCHE E LIMÃO

(sem glúten)

Esta sobremesa sem glúten é um delicioso bolo leve e húmido feito com um ingrediente-chave invulgar - farinha de castanha, com um sabor muito agradável e que faz querer um pouco mais.

(click here for recipe in english)

bolo-castanha-limao-chestnut-lemon-cake_1.jpg

Já tinha a receita deste bolo de castanha guardada há alguns anos no meu arquivo, pois na altura em que a encontrei ainda era difícil encontrar farinha de castanha à venda. Hoje em dia já não é assim, pelo menos nos grandes centros urbanos, com as secções de alimentação saudável nos supermercados a aumentar em tamanho e variedade de produtos, e também com o aumento do número de lojas que vendem produtos para dietas alternativas.

O que me cativou neste simples bolo foi, não só o facto de usar a castanha, ingrediente que eu gosto bastante, mas também o uso de natas em vez de manteiga ou óleo como fonte de gordura da receita.

Cá em casa todos adoraram o bolo que é bastante fôfo e ligeiramente húmido, e ao contrário que possam pensar, a farinha de castanha não dá ao bolo o sabor que encontramos quando comemos outras sobremesas feitas com castanhas frescas, mas sim um sabor suave que contrasta muito bem com o do limão. Apesar de tudo, quem quiser pode confeccionar este doce sem adicionar a raspa do limão e substituir por baunilha.

 

bolo-castanha-limao-chestnut-lemon-cake_2.jpg

Receita de Bolo de castanha, creme fraîche e limão

para notas sobre a receita ler mais abaixo

 

ingredientes

4 ovos

125 gr de açúcar

200 gr de creme fraîche

125 gr de farinha de castanha

2 colheres (chá) de fermento

Raspa de 1 limão

 

preparação

Bater as gemas com o açúcar até obter um creme fôfo.

Adicionar a raspa de limão e creme fraîche, envolvendo bem.

À parte, peneirar a farinha de castanha e juntar-lhe o fermento.

Incorpora-se a farinha no preparado anterior.

Batem-se as claras em castelo.

Envolvem-se bem, e aos poucos, as claras no preparado com a ajuda de uma vara de arames ou espátula.

Coloca-se numa fôrma untada e polvilhada com açúcar.

Leva-se ao forno a 180ºC entre 35 a 40 minutos.

Decorar com algum açúcar em pó.

 

Adaptado de "Lemon, creme fraîche & chestnut cake recipe" / Originalmente publicado em 2019

 

Os Ingredientes

 

  • Ovos
  • Farinha de castanha - esta farinha pertence ao grupo de farinhas alternativas para servir em dietas sem glúten, e basicamente resulta de castanha seca triturada finamente. Existem muitas receitas tradicionais de origem italiana que utilizam esta farinha, não só receitas doces, mas também algumas salgadas e até pão.
  • Fermento - para além das claras batidas, usa-se o fermento para que este bolo fique ainda mais fôfo.
  • Açúcar - a quantidade presente permite que seja agradavelmente doce. Pode ser substituído por açúcar mascavado ou de côco.
  • Raspa de limão - o sabor a limão num bolo é sempre agradável, mas também pode ser opcional e substituído por 1 ou 2 colheres de chá de baunilha.
  • Creme fraîche - este lacticínio não é mais do que natas frescas, mas com cerca de 30% (e até 50%) de matéria gorda às quais foram adicionadas uma cultura de bactérias. Devido à fermentação bacteriana, sua textura apresenta-se mais espessa e cremosa, evitando assim a presença de espessantes, e de sabor levemente ácido.

 

»»» outras receitas com CREME FRAÎCHE «««

 

Modo de preparação

 

  • Começa-se por bater bem as gemas juntamente com o açúcar até este se dissolver e o creme se apresentar esbranquiçado e fôfo.
  • A este creme adicionam-se a raspa do limão e depois o creme fraîche.
  • De seguida, a farinha de castanha (previamente peneirada e misturada com o fermento) é envolvida no preparado. Ao peneirarmos vamos evitar a formação de grumos.
  • À parte, batem-se as claras em castelo.
  • Envolvem-se as claras no preparado, aos poucos,  para que não percam ao ar e abatam.
  • Verte-se o preparado para uma fôrma untada e polvilhada com açúcar (a desta receita é de 20cm).
  • Leva-se ao forno a 180ºC entre 35 a 40 minutos.
  • Decorar com algum açúcar em pó depois de arrefecer e na altura de servir, pois como o bolo tem alguma humidade vai dissolver aos poucos o açúcar que aplicarmos.
  • Nesta decoração utilizei a técnica do crochet/renda, em que basicamente damos uso àqueles paninhos ou toalhas de renda antigos (que estejam lavados e limpos) e colocamos por cima do bolo frio e peneiramos açúcar em pó por cima. Nem todos os bolos são bons candidatos para este tipo de decoração, mas fica bastante original. Em bolos claros pode-se também fazer o desenho substituíndo o açúcar por cacau em pó.

 

 

 

Obrigado pela visita

Não se esqueça de SUBSCREVER para receber cada post directamente no seu e-mail.

 

Siga o blog 

FACEBOOK  |  PINTEREST INSTAGRAM

 

Seg | 12.10.20

QUADRADOS DE MAÇÃ, FRAMBOESA E NOZES

Este bolo é cheio de texturas e sabor a cada mordidela, húmido devido à presença de maçã e de framboesas e crocante à conta das nozes que ficam ligeiramente tostadas com o calor do forno.

(click here for recipe in english)

quadrados-maça-framboesa-nozes-apple-walnut-raspb

A receita destes quadrados de bolo já a tinha experimentado e partilhado no antigo blog a minha adaptação há cerca de 6 anos atrás, e quase que já não me lembrava dela.

No entanto, voltei a reencontrá-la e achei uma óptima sugestão para partilhar nesta época em que começam a aparecer as primeiras nozes e em que há bastante maçã a saborear.

 

Receita de Quadrados de maçã, framboesa e nozes

para notas sobre a receita ler mais abaixo

 

ingredientes

2 ovos

125 gr de farinha com fermento

30 gr de amido de milho

1 colher (chá) fermento

40 gr de manteiga

1 colher (sopa) de óleo

100 gr de açúcar

80 ml de leite (de qualquer tipo)

1/4 colher (chá) de canela

1 colher (chá) de baunilha

1 maçã ralada (aprox. 1 chávena)

30 framboesas pequenas

Pitada de sal

 

COBERTURA

30 gr de manteiga

50 gr de açúcar mascavado

100 gr de nozes

 

preparação

Picar as nozes grosseiramente.

Numa taça, misturar a manteiga (à temperatura ambiente) com o açúcar mascavado, e as nozes. Reservar.

Num recipiente, misturar a farinha juntamente com o fermento, o amido de milho, a canela e o sal.

Descascar a maçã, retirar-lhe os caroços e ralar.

Noutra taça, bater o açúcar com a manteiga e o óleo.

Adicionar os ovos, um de cada vez.

Juntar o leite e a baunilha.

Aos poucos, envolver a mistura de farinha no preparado.

Por fim, acrescenta-se a maçã ralada e depois as framboesas.

Verter tudo para um tabuleiro já untado.

Distribuir a mistura de noz, manteiga e açúcar mascavado por cima do preparado.

Levar ao forno a 175ºC entre 45 a 50 minutos.

 

Adaptado de "Pecan-berry coffee cake" / Originalmente publicado em 2014

quadrados-maça-framboesa-nozes-apple-walnut-raspb

 

 

Os Ingredientes

 

  • Ovos - servem para ligar todos os ingredientes destes quadrados.
  • Farinha com fermento - se só tiver disponível farinha sem fermento, basta acrescentar 2 colheres (chá) de fermento à receita. Para uma versão sem glúten basta usar um mix de farinha sem glúten.
  • Amido de milho - a receita original mencionava farinha de milho, mas como estão presentes duas frutas que vão libertar humidade ao cozer, resolvi usar antes amido de milho para contrabalançar esta situação.
  • Açúcar e Açúcar mascavado - este bolo de maçã e framboesa não leva muito açúcar, uma vez que também aproveita a doçura da fruta, e porque a cobertura também tem o açúcar como ingrediente. Decidi usar açúcar mascavado na cobertura de nozes, pois dá um sabor ligeiramente a caramelo a este crocante. Como sou fã destes açúcares com stevia, reduzi ainda mais à quantidade de açúcar (mas sem comprometer a doçura!)
  • Manteiga - a presença de manteiga dá essencialmente um sabor que combina muito bem com a maçã e também com as nozes da cobertura.
  • Óleo - a outra fonte de gordura neste bolo é o óleo, e preferi um neutro como o de graínha de uva, mas o óleo de côco é também uma boa opção. Apesar de ser em pouca quantidade, também ajuda a manter a humidade e no levedar do bolo ao cozer.
  • Leite - pode ser usado qualquer tipo de leite, e neste caso o escolhido foi o de amêndoa.
  • Maçã - qualquer variedade de maçã serve, e já experimentei com as variedades Fuji e Golden.
  • Framboesas - em bolos ou queques, fica sempre melhor se escolhermos os frutos mais pequenos pois distribuem-se melhor por todas as partes do bolo. Se preferir, as framboesas podem ser substituídas por mirtilos, ou então por um mix das 2 frutas. Utilizei framboesas congeladas, e como tal, devem-se ser só adicionadas mesmo no fim da preparação para que não descongelem e se desfaçam.
  • Canela e Baunilha - na receita na qual me inspirei, os aromas usados eram a baunilha e também a raspa de limão. No entanto, e visto que se trata de um bolo de maçã, substituí a raspa por um pouco de canela. Se não quiserem usar a canela, podem sempre usar a raspa de limão ou de laranja (cerca de 1 colher de chá).

 

Modo de preparação

 

  • Começa-se por preparar a cobertura do bolo, picando as nozes em pedaços não muito pequenos (pessoalmente prefiro fazê-lo com a faca, mas podem usar a picadora ou processador/robot na função pulsar).
  • Os outros ingredientes da cobertura são a manteiga (de preferência à temperatura ambiente ou ligeiramente derretida) e o açúcar que devem ser bem batidos antes de lhes juntar as nozes picadas.
  • Depois de preparada a cobertura, coloca-se à parte porque só será necessária antes de o bolo ir ao forno.
  • Passa-se à confecção do bolo, misturando numa taça a farinha juntamente com o fermento, o amido de milho, a canela e o sal.
  • Descasca-se e descaroça-se a maçã, ralando-se depois em tiras finas  usando uma mandolina, ou no processador/robot de cozinha. Reserva-se.
  • Numa taça grande, misturam-se o açúcar com a manteiga e o óleo até o açúcar ficar bem dissolvido.
  • Adicionam-se os 2 ovos, um de cada vez e batendo bem após cada adição.
  • Juntam-se o leite e a baunilha, aos poucos, envolve-se a mistura de farinha no preparado.
  • Por fim, acrescenta-se a maçã ralada previamente e depois as framboesas, envolvendo sem bater muito.
  • Coloca-se a massa do bolo num tabuleiro untado previamente (este tem 26x20 cm).
  • Distribui-se a cobertura de noz, manteiga e açúcar mascavado por cima do preparado (é mais fácil e rápido fazê-lo com as mãos) e pressiona-se ligeiramente para que adira melhor à massa do bolo.
  • Leva-se ao forno a 175ºC entre 45 a 50 minutos (apesar de ser um bolo baixo, contém muitos ingredientes húmidos, por isso demora um pouco mais no forno).

quadrados-maça-framboesa-nozes-apple-walnut-raspb

 

 

Obrigado pela visita

Não se esqueça de SUBSCREVER para receber cada post directamente no seu e-mail.

 

Siga o blog 

FACEBOOK  |  PINTEREST INSTAGRAM

Qui | 01.10.20

WAFFLES PROTEICOS DE BANANA

Estes waffles leves e fôfos são uma saborosa e fácil alternativa às muitas panquecas de banana, enriquecidos com proteína em pó para um pequeno-almoço ou brunch um pouco mais completo.

 

(click here for recipe in english)

waffles-banana-oat-aveia-protein_1.jpg

 

No início do ano decidi que já era altura de ter uma máquina de waffles, e apesar de ter algumas debaixo de olho, comprei esta bastante em conta. Tenho andado a experimentar e adaptar algumas receitas, e estes waffles foram um desses bons resultados.

São bastante rápidos de preparar, e são mais uma desculpa para gastar aquelas bananas maduras que estão na fruteira. Tal como os crepes e panquecas que faço, estes waffles podem ser congelados e depois re-aquecidos para serem saboreados quando nos apetecer.

Quem não tiver uma máquina de waffles pode sempre confeccionar numa frigideira e servir sob a forma de panquecas.

 

Receita de Waffles proteicos de banana e aveia

para notas sobre a receita ler mais abaixo

 

ingredientes

2 bananas médias

1 ovo

2 colheres (sopa) de leite (de qualquer tipo)

3 colheres (sopa) de óleo de côco

40 gr de açúcar de côco

1 colher (chá) de bicarbonato de sódio

60 gr de proteína em pó

60 gr de farinha sem fermento

60 gr de farinha de aveia

Pitada de sal

 

preparação

Numa taça, misturar todos os ingredientes secos: farinha, farinha de aveia, proteína em pó, bicarbonato de sódio e sal.

Pisar bem a banana até obter um puré.

Noutra taça, bater o ovo com o açúcar.

Adicionar depois a banana, o leite e o óleo.

Por fim, e aos poucos, envolver a mistura de ingredientes secos.

Ligar a máquinas de waffles num nível médio e deixar aquecer.

Colocar cerca de 2 colheres de sopa do preparado na máquina e fechar.

Deixar cozer durante 1 minuto e 30 segundos, retirar e deixar arrefecer.

Repetir até acabar a massa de waffles.

 

preparação Moulinex® Cuisine Companion

Numa taça, misturar todos os ingredientes secos: farinha, farinha de aveia, proteína em pó, bicarbonato de sódio e sal.

Na taça da máquina com a lâmina triturar/amassar, colocar o ovo, a banana em pedaços, o leite e o óleo.

Triturar e misturar tudo (vel.5 - 1 min).

Abrir a tampa e acrescentar a mistura de ingredientes secos.

Misturar e envolver tudo (vel.3 - 1 min).

Ligar a máquina de waffles num nível médio e deixar aquecer.

Colocar cerca de 2 colheres de sopa do preparado na máquina e fechar.

Deixar cozer durante 1 minuto e 30 segundos, retirar e deixar arrefecer.

Repetir até acabar a massa de waffles.

 

waffles-banana-oat-aveia-protein_2.jpg

Os Ingredientes

 

  • Farinha de trigo
  • Farinha de aveia - sempre que possível gosto de substituir parte da farinha de trigo em certas receitas por outras farinhas, tornando-as um pouco mais saudáveis.
  • Proteína em pó - nesta receita usei esta proteína com sabor a banana-baunilha, mas podem usar outra a gosto.
  • Banana - neste tipo de receitas aproveito sempre as bananas mais maduras, ou então as que tenho congeladas, porque são sempre mais doces e a polpa mais húmida dá uma melhor textura aos waffles.
  • Ovo - encontra-se aqui apenas para ajudar a ligar todos os ingredientes, e é também uma fonte de proteína.
  • Leite - pode ser usado leite a gosto, animal ou vegetal (usei de aveia).
  • Óleo de côco - quem não gostar do sabor do côco pode usar óleo de côco neutro (pois não tem sabor) ou outro óleo, como por exemplo o óleo de graínha de uva que também uso bastante nas minhas receitas.
  • Açúcar de côco - pode ser substituído por outro adoçante a gosto ou açúcar amarelo/mascavado.
  • Bicarbonato de sódio - a sua presença serve para que os waffles cresçam e fiquem fôfos.

 

waffles-banana-oat-aveia-protein_3.jpg

Modo de preparação

 

Para preparar estes waffles, o método é bastante simples:

  • Numa taça, começa-se por pesar a farinha de trigo e a farinha de aveia.
  • De seguida juntam-se-lhes os restantes ingredientes secos: proteína em pó, bicarbonato de sódio e sal.
  • Com a ajuda de um garfo, pisar bem a banana até obter um puré.
  • Noutra taça parte-se o ovo e bate-se este com o açúcar.
  • Depois adicionar o puré de banana, o leite e o óleo, e misturar bem.
  • Aos poucos envolvem-se os ingredientes secos com os húmidos mas sem bater em demasia.
  • Liga-se a máquinas de waffles num nível médio (na minha é o nível 3) e deixa-se aquecer bem.
  • Coloca-se cerca de 2 colheres de sopa do preparado no centro da máquina e fechar.
  • Deixar cozer durante 1 minuto e 30 segundos (eu uso um temporizador para medir o tempo).
  • Retirar e deixar arrefecer, de preferência sobre uma grelha.
  • Repetir o procedimento até acabar a massa de waffles.
  • Esta quantidade rende cerca de 8 a 10 unidades.
  • Servir acompanhado de fruta e/ou gelado ou chantilly a gosto.

 

 

 

Obrigado pela visita

Não se esqueça de SUBSCREVER para receber cada post directamente no seu e-mail.

 

Siga o blog 

FACEBOOK  |  PINTEREST INSTAGRAM