Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

from my orchid kitchen

ideias simples e caseiras para (quase) todos os gostos, da minha cozinha para a vossa

from my orchid kitchen

ideias simples e caseiras para (quase) todos os gostos, da minha cozinha para a vossa

Sab | 21.11.20

MOUSSE DE CASTANHA

Existem por aí variadas versões de mousse de castanha, e esta é das mais simples, sendo necessários apenas 5 ingredientes para a preparar.

(click here for recipe in english)

chestnut-mousse-castanha_1.jpg

O Outono está a chegar ao fim, e não quis deixar de partilhar mais uma receita desse produto que tão bem representa esta estação - a castanha.

 

Receita de Mousse de castanha

para notas sobre a receita ler mais abaixo

 

ingredientes

150 gr puré de castanhas

1 colher (sopa) de Vinho Porto

2 colheres (sopa) açúcar mascavado

200 ml de natas

50 a 100 gr de chocolate negro em barra

 

preparação

Numa taça colocar o puré de castanhas arrefecido, e misturar-lhe o Vinho do Porto.

Noutra taça, bater as natas em chantilly com o açúcar.

Incorporar aos poucos as natas no puré, mas sem bater.

Dividir a mousse por taças, e colocar no frigorífico.

Derreter em banho-maria ou no microondas o chocolate e acrescentar-lhe 1 colher (chá) de água ou leite e mexer bem.

Deitar arrefecer um pouco.

Dividir o molho de chocolate pelas taças e voltar a colocar no frigorífico.

Retirar do frio 15 a 30 minutos antes de servir.

 

Os Ingredientes

 

  • Castanhas - para obtermos puré de castanha, podemos cozer castanhas frescas ou então das de compra congeladas. Basta cozê-las num pouco de água e sal podendo acrescentar um pau de canela se assim desejarem. Posteriormente, trituram-se num processador/robot de cozinha ou passe-vite.
  • Natas - uma vez que o puré obtido da castanha é bastante espesso, são as natas batidas que vão inserir um pouco mais de leveza à mousse.
  • Açúcar mascavado - preferi utilizar açúcar mascavado, simplesmente porque o seu sabor combina muito bem com o da castanha, mas podem substituir por açúcar branco, ou mesmo açúcar de côco.
  • Vinho do Porto - é um ingrediente opcional, simplesmente para aromatizar a mousse, mas pode ser substituído por baunilha ou por outra bebida a gosto como moscatel, whisky ou rum.
  • Chocolate - não referi uma quantidade certa deste ingrediente, porque deixo ao critério de cada um. Utilizei chocolate negro (70%) mas em alternativa podem usar chocolate de leite.

 

chestnut-mousse-castanha_2.jpg

Modo de preparação

 

  • Cozer as castanhas em água e sal (com casca ou das congeladas), e se quiserem acrescentem um pau de canela. Também podem usar sobras de castanhas cozidas.
  • Depois de cozidas (descascam-se se fôr o caso) e trituram-se em puré, recorrendo a um processador/robot de cozinha ou usando o passe-vite.
  • Deixa-se arrefecer e depois adiciona-se o Vinho do Porto, incorporando bem.
  • Numa taça, batem-se as natas adicionando aos poucos o açúcar até se obter chantilly.
  • Com cuidado, envolve-se o chantilly no puré de modo a que não abata muito.
  • Divide-se a mousse por taças ou copos, e coloca-se no frigorífico.
  • Para fazer o topping de chocolate, derreter em banho-maria ou no microondas o chocolate (de 15 em 15 segundos) e acrescenta-se cerca de 1 colher (chá) de água ou leite dissolvendo bem, para que depois de ir ao frio fique cremoso.
  • Deixa-se arrefecer ligeiramente, e distribui-se o molho de chocolate pelas taças voltando depois ao frigorífico.
  • Retira-se do frio cerca 15 a 30 minutos antes de servir.

chestnut-mousse-castanha_3.jpg

 

 

 

Obrigado pela visita

Não se esqueça de SUBSCREVER para receber cada post directamente no seu e-mail.

 

Siga o blog 

FACEBOOK  |  PINTEREST INSTAGRAM

Dom | 15.11.20

MINI-TARTES DE ABÓBORA E LEITE CONDENSADO

Na sua época por excelência, não poderia faltar uma tarte de abóbora - neste caso em versão individual. Estas mini-tartes são feitas de forma rápida e fácil e são agradavelmente cremosas.

(click here for recipe in english)

 

mini-tart-pumpkin-abobora_3.jpg

Tradicionalmente, a tarte de abóbora tem como ingredientes o leite evaporado (ou natas) e açúcar, mas é também muito conhecida esta versão que substitui estes 2 elementos por leite condensado.

Infelizmente, em Portugal não se encontra à venda puré de abóbora em lata como nos EUA, mas isso não é razão para descartar as receitas feitas com este legume rico em fibra e baixo em calorias.

 

mini-tart-pumpkin-abobora_2.jpg

Receita de Mini-tartes de abóbora e leite condensado

para notas sobre a receita ler mais abaixo

 

ingredientes

massa quebrada de compra (opcional)

 

para a massa de tarte

130 gr de farinha

50 gr de farinha integral

4 colheres (sopa) de óleo

3 a 4 colheres (sopa) de leite (de qualquer tipo)

1/4 colher (chá) de sal

 

para o recheio

1 ovo

400 gr de puré de abóbora

150 gr de leite condensado magro (aprox. 1/2 chávena)

1 colher (chá) de mix de especiarias para abóbora (ver abaixo)

Pitada de sal

 

preparação

Para o puré de abóbora, basta cozer previamente a abóbora a vapor, no microondas ou no forno, e deixar arrefecer.

Para a massa das tarteletes, misture as farinhas e acrescentes os restantes ingredientes, amassando até obter uma bola.

Deixar a repousar no frigorífico enquanto se prepara o recheio.

Retira-se a massa do frigorífico, e estende-se o suficiente para forrar 4 fôrmas de mini-tartes, picando o fundo de cada uma delas com um garfo.

Leva-se ao forno a pré-cozer a 220ºC durante 10 minutos.

Numa taça, misturam-se o puré de abóbora, o ovo, o leite condensado, o sal e as especiarias, até obter um preparado homogéneo.

Distribui-se o recheio pelas tarteletes, e volta-se a colocar no forno a 175ºC entre 15 a 20 minutos.

 

Adaptado de "Easy pumpkin pie"

 

mini-tart-pumpkin-abobora_1.jpg

Os Ingredientes

 

  • Massa quebrada - para quem não quiser fazer a massa de tarte, pode sempre optar por usar uma de compra.
  • Ovo - para estas mini-tartes é apenas necessário 1 ovo para ligar os restantes ingredientes do recheio.
  • Abóbora - nos EUA quando fazem receitas com puré de abóbora, quase sempre recorrem ao puré em lata; como cá é mais dificil encontrar este enlatado, temos de a cozer previamente e depois triturar. Se não conseguir encontrar abóbora pode substituir pela mesma quantidade de batata doce de polpa laranja.
  • Leite condensado - ao usarmos leite condensado, estamos não só a adoçar as tartes, mas também a conferir ao recheio uma cremosidade extra.
  • Mix de especiarias - para quem costuma ler receitas com abóbora, principalmente as de origem americana, muitas vezes encontra na lista de ingredientes o famoso "pumpkin spice" que não é mais do que uma mistura de especiarias que combina muito bem com o sabor adocicado da abóbora.

Geralmente nos EUA compram este mix já preparado em embalagens, mas para quem não tem acesso ou quiser porções mais pequenas é bastante fácil de fazer em casa. Apenas precisam das seguintes especiarias em pó:

  • 1 colher (chá) de canela
  • 1/4 colher (chá) de noz-moscada
  • 1/4 colher (chá) de gengibre
  • 1/8 colher (chá) de cravinho
  • 1/8 colher (chá) de pimenta-da-Jamaica (opcional)

Colocam-se todas as especiarias num recipiente e misturam-se bem e depois é só retirar a quantidade pedida na receita que se vai fazer. Em muitos "pumpkin spices" encontramos a pimenta-da-Jamaica mas pessoalmente preferi não usar porque não somos grandes apreciadores de picante em sobremesas (e também não encontrei esta pimenta em pó, só em grão).

 

Modo de preparação

 

  • Convém começar por preparar o puré de abóbora, uma vez que depois de cozido, terá de arrefecer antes de ser adicionado aos restantes ingredientes da receita.
  • Depois de descascada e retiradas as sementes, a abóbora pode ser cozida a vapor (modo utilizado nesta receita) por cerca de 20 minutos (seja qual fôr o tipo de cozedura, quanto mais pequenas forem as porções de abóbora, mais rápido será), pode ser cozida no microondas num recipiente com um pouco de água no fundo por 15 minutos, ou assada no forno a 190ºC tapada com folha de alumínio durante cerca de 1 hora.
  • Passamos para a massa das mini-tartes, e numa taça misturamos a farinha e a farinha integral/aveia. De seguida adicionamos o sal juntamente com o leite e o óleo, e envolvemos bem até obtermos uma massa bem ligada (se achar que está muito seca pode adicionar mais uma colher de sopa de leite).
  • Embrulha-se a massa em película aderente e coloca-se por alguns minutos no frigorífico a repousar.
  • Após arrefecer, tritura-se os pedaços de abóbora num processador/robot de cozinha, varinha mágica ou mesmo passe-vite, até obtermos um puré fino. Reservar.
  • Com a ajuda do rolo, estende-se a massa de modo a que dê para cobrir 4 fôrmas de mini-tartes (estas têm 12 cm de diâmetro).
  • Para que o fundo fique cozido, pica-se previamente com um garfo, e depois leva-se ao forno a 220ºC durante 10 minutos.
  • Voltando ao recheio, colocam-se numa taça o puré de abóbora, o ovo, o leite condensado, o sal e as especiarias e mistura-se bem.
  • Retiram-se as mini-tartes do forno, e distribuem-se por elas o recheio, voltando ao forno mas desta vez a 175ºC entre 15 a 20 minutos.
  • Podem ser servidas levemente mornas ou totalmente frias, acompanhadas com um pouco de chantilly.

 

 

 

Obrigado pela visita

Não se esqueça de SUBSCREVER para receber cada post directamente no seu e-mail.

 

Siga o blog 

FACEBOOK  |  PINTEREST INSTAGRAM