Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

from my orchid kitchen

ideias simples e caseiras para (quase) todos os gostos, da minha cozinha para a vossa

from my orchid kitchen

ideias simples e caseiras para (quase) todos os gostos, da minha cozinha para a vossa

Ter | 24.12.19

ALETRIA CREMOSA

Sobremesa clássica de Natal, esta aletria é fácil de preparar e deliciosamente cremosa, com textura e doçura perfeitas.

(click here for recipe in english)

aletriacremosa-creamycapellini_1.jpg

Cá em casa já experimentamos, ao longo dos tempos, várias receitas de aletria mas esta é a que mais vezes é servida à mesa de Natal.  

Durante muitos anos e até aos meados dos anos 90, por esta altura, a minha avó fazia a sua receita de aletria mas  esta tinha uma consistência que dava para cortar em cubos. No entanto, desde que arranjou esta receita que creio ter visto alguém fazer num programa de TV na altura, todas as outras foram preteridas.

 

O ideal para mim é servi-la morna acabadinha de fazer, mas mesmo confeccionando-a atempadamente a sua cremosidade mantém-se (mas menos do que quando é saboreada "na hora").

aletriacremosa-creamycapellini_5.jpg

Receita de Aletria cremosa

Aletria de Natal

para notas sobre a receita ler mais abaixo

ingredientes

140 gr de aletria

1 litro de leite

100 gr de açúcar

4 gemas

1 pau de canela

2 tiras de casca de limão

20 gr de manteiga

Pitada de sal

Canela em pó (para decorar)

 

preparação

Num tacho, leva-se o leite a ferver juntamente com o açúcar, a canela, a manteiga, o sal e as cascas do limão.

Retira-se para uma tigela ou taça, 2 ou 3 colheres de sopa de leite quente.

Batem-se as gemas e junta-se-lhes lentamente o leite quente da tigela, para que não talhem depois ao juntar ao tacho.

Quando o leite do tacho levantar fervura, acrescenta-se a aletria e deixa-se cozer durante 7 minutos.

Retira-se do lume e mexendo sempre devagar, adiciona-se a mistura das gemas.

Deita-se numa travessa, deixa-se arrefecer um pouco e decora-se com a canela em pó.

 

Originalmente publicado em 2012

 

Os Ingredientes

 

Tal como em muitas receitas da doçaria tradicional portuguesa, todos os componentes desta aletria são simples e fáceis de encontrar:

  • Massa aletria - existem 2 tipos de aletria à venda, a que se apresenta em meadas e a que já vem partida em pacote; eu já experimentei ambas as versões e prefiro a que vem em porções.
  • Açúcar - esta receita não é excessivamente doce (cerca de 5 colheres de sopa) até porque nesta época há muitos outros doces a saborear.
  • Casca de limão e pau de canela - são os 2 ingredientes aromáticos obrigatórios que estão presentes em muitas outras receitas natalícias.
  • Leite - há quem use leite gordo, que vai dar mais cremosidade à aletria, mas geralmente uso leite meio-gordo (de preferência biológico). Quem quiser pode optar por um leite vegetal à escolha, sendo que destes sugiro o de amêndoa ou de aveia.
  • Manteiga - apesar de todas as receitas que conheço levarem manteiga, nenhuma usa tão pouca como esta, apenas 20 gr que é o equivalente a 2 cubos de manteiga.
  • Gemas de ovo - tal como a manteiga, também esta receita tem pouca quantidade de gemas comparativamente a muitas outras aletrias, apenas 4 (e não desperdicem as claras, ponham-nas numa caixa e congelem para depois usar em futuras receitas!)
  • Canela em pó - ingrediente essencial para finalizar a receita, pois nenhuma aletria vai à mesa sem estar devidamente decorada com canela.

aletriacremosa-creamycapellini_2.jpg

Modo de preparação

 

  • Usando um descascador ou uma faca pequena bem afiada, retiram-se a um limão 2 tiras da casca e fazem-se uns pequenos cortes superficiais para que libertem mais aroma (através dos óleos naturais presentes na casca).
  • Colocam-se num tacho: o açúcar, o pau de canela, as 2 tiras de casca de limão, a manteiga, o sal e por fim o leite. Eu pessoalmente gosto que o leite aqueça bem devagar para que haja uma infusão do limão e da canela e estes sabores fiquem mais intensos.
  • Numa taça, colocam-se as 4 gemas que depois de ligeiramente batidas, é-lhes adicionado um pouco do leite do tacho (ainda morno) para que mais tarde não talhem ao juntar à aletria.
  • Quando o leite levantar fervura, coloca-se a massa de aletria e deixa-se cozer, mexendo de vez em quando, durante 7 minutos.
  • Passado esse tempo, retira-se do lume e acrescenta-se a mistura de gemas e leite, mexendo sempre para que fique tudo homogéneo e cremoso.
  • Verte-se o conteúdo do tacho para a travessa (ou então para pratos, se forem servir doses individuais) alisando um pouco a superfície e deixa-se arrefecer, e decora-se a gosto com a canela em pó.

Para decorar com a canela por altura das Festas, costumo criar desenhos e letras no computador, imprimo para papel e depois de recortar cuidadosamente com um x-acto, uso a técnica de stencil, polvilhando com a canela por cima só após a aletria ter arrefecido, para que o papel não cole ao pousarmos em cima da massa.

 

 

 

Obrigado pela visita

Não se esqueça de SUBSCREVER para receber cada post directamente no seu e-mail.

 

Siga o blog 

FACEBOOK  |  PINTEREST  |  INSTAGRAM