Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

from my orchid kitchen

ideias simples e caseiras para (quase) todos os gostos, da minha cozinha para a vossa

from my orchid kitchen

ideias simples e caseiras para (quase) todos os gostos, da minha cozinha para a vossa

Seg | 24.02.20

BOLO GALEGO DE CARNAVAL

(Bica blanca de Laza)

Este bolo de origem espanhola, para além de muito simples de fazer é delicioso e ideal para saborear acompanhado de uma chávena de chá ou café, nesta época ou noutra qualquer durante o ano.

(click here for recipe in english)

bica-laza_1.jpg

Por esta época, a pequena vila de Laza na Galiza é conhecida em Espanha pelos seus característicos e muito antigos festejos carnavalescos, com algumas semelhanças a festejos também realizados no Norte de Portugal.

Um dos doces que não pode faltar nesta festividade é a Bica blanca de Laza, bolo de claras com alguma densidade mas de textura fôfa e topo crocante, que é distribuído pela população no domingo que antecede o Carnaval.

Existem também outras Bicas similares confeccionadas, mas usam ovos inteiros em vez de claras e também manteiga para além dos outros ingredientes.

2020022212431293684.jpg

Receita de Bolo Galego de Carnaval

Bica blanca de Laza

para notas sobre a receita ler mais abaixo

ingredientes

8 claras de ovo

300 gr de farinha sem fermento

200 ml de natas (30%MG)

250 gr de açúcar

50 gr de açúcar para polvilhar

 

preparação

Bater as natas (como para chantilly) e reservar.

Bater as claras, e à medida que vão ficando firmes, adiciona-se aos poucos o açúcar até formar um merengue consistente.

Envolver aos poucos a farinha peneirada, e depois as natas batidas.

Colocar o preparado numa fôrma rectangular (usei uma de 30x20cm) untada e forrada com papel vegetal.

Distribuir por cima o açúcar reservado para polvilhar.

Levar ao forno a 180ºC entre 50 a 55 minutos.

 

Adaptado de "Cómo hacer bica blanca de Laza. Receta tradicional gallega"

 

bica_laza_2.jpg

Os Ingredientes

 

Este bolo necessita apenas de 4 ingredientes: claras de ovo, açúcar, farinha e natas.

  • Claras de ovo - existem receitas com diferentes quantidades de claras, mas neste caso usei 8 porque eram as que tinha congeladas e que tinham sobrado de outras sobremesas; podem também ser usadas claras pasteurizadas que se encontram à venda no supermercado.
  • Açúcar - as variadas receitas tradicionais que li requerem bastante açúcar, por isso decidi reduzir a quantidade nesta receita.
  • Farinha - tradicionalmente usa-se farinha sem fermento, mas há quem use farinha com fermento para que o bolo fique (ainda) mais fôfo.
  • Natas - em vez de manteiga, são as natas (com 30% de matéria gorda) que conferem gordura ao bolo, e como tinha apenas uma embalagem de 200ml no frigorífico, não usei os 350ml sugeridos em receita semelhantes.

 

Modo de preparação

 

  • Antes de começar a preparar o bolo, convém colocar as natas no congelador (durante cerca de meia hora) para que fiquem bem frias, e assim ficarem mais fôfas. Mal estejam frias, batem-se com cuidado até ficar com aspecto de chantilly e reserva-se à parte (não bater demais porque os sólidos do leite começam-se a separar e ficamos com manteiga em vez de natas batidas...).
  • Também é conveniente que as claras estejam à temperatura ambiente, para que se possam montar mais rápido com o açúcar e o merengue fique mais firme.
  • Depois de peneirada a farinha, vai-se adicionando aos poucos às claras com açúcar envolvendo com uma colher de pau ou espátula, mexendo sempre de baixo para cima.
  • Juntam-se então as natas ao preparado, envolvendo na mesma de baixo para cima, e verte-se tudo para uma fôrma rectangular untada e forrada com papel vegetal.
  • Antes de ir ao forno, polvilha-se com o restante açúcar (que vai formar uma crosta doce no bolo).
  • Depois do tempo de cozedura, fazer o teste do palito para verificar.
  • Deixar arrefecer antes de desenformar e cortar em cubos.

 

 

 

Obrigado pela visita

Não se esqueça de SUBSCREVER para receber cada post directamente no seu e-mail.

 

Siga o blog 

FACEBOOK  |  PINTEREST  |  INSTAGRAM

 

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.