Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

from my orchid kitchen

ideias simples e caseiras para (quase) todos os gostos, da minha cozinha para a vossa

from my orchid kitchen

ideias simples e caseiras para (quase) todos os gostos, da minha cozinha para a vossa

Seg | 11.11.19

TARTELETES DE CASTANHA

O Outono não seria o mesmo sem o sabor rústico das castanhas, e para aqueles que apreciam este ingrediente sazonal, estas tartes são uma sugestão rápida e simples para se apreciar.

tarteletes-castanha-chestnut-tarts_1.jpg

No dia 11 de Novembro festeja-se uma vez mais o dia de S. Martinho, e como não podia deixar de ser, comem-se castanhas acompanhadas de jeropiga, como a tradição manda. Apesar de gostar muito das castanhas assadas na brasa que compramos na rua, em casa apenas as cozo em água com um pouco de sal, pau de canela e por vezes, uma folha de louro.

 

E, quando cozo castanhas, tento sempre cozer a mais para que sobrem de modo a experimentar uma ou outra receita que tenho guardada para fazer nesta altura do ano, como é o caso destas tartes de castanha.

 

Receita de Tarteletes de castanha

para notas sobre a receita ler mais abaixo

ingredientes

1 embalagem de massa folhada rectangular (375gr)

250 a 300 gr de castanhas cozidas

50 gr de manteiga

100 gr de açúcar mascavado

2 ovos

1 colher (chá) de baunilha (opcional)

 

preparação

Num robot de cozinha ou passe-vite, triturar as castanhas cozidas.

Acrescentar os ovos, e a manteiga derretida, e misturar bem.

Por fim, adicionar o açúcar e a baunilha.

Forrar as fôrmas de tarteletes (estas têm 8cm de diâmetro cada) com a massa folhada.

Distribuir o conteúdo do preparado por cada fôrma e levar ao forno a 200ºC durante 20 a 25 minutos.

 

Adaptado de "Pastéis de castanha" / Originalmente publicado em 2018

chesnutbowl-unsplash-min.jpg

Os Ingredientes

Para confeccionar estas tartes de castanha, são necessários apenas 4 ingredientes principais para o recheio, mais a massa folhada e são: castanhas, ovos, açúcar e manteiga.

 

  • Massa folhada - pode usar-se em alternativa massa quebrada ou massa areada.
  • Castanhas - não creio que esta receita resulte tão bem com castanhas assadas em vez de cozidas, pois têm de ser reduzidas a puré, e as assadas ficam mais secas e crocantes, mas se tiverem um potente robot de cozinha que consiga triturar até obter uma consistência de quase farinha, com certeza que pode ser uma alternativa a gastar aquelas castanhas assadas que sobram. 
  • Açúcar - a receita que me inspirou a fazer estas mini-tartes usava açúcar branco refinado, mas resolvi trocar por açúcar mascavado escuro porque dá um toque a caramelo que acho que combina muito bem com o do sabor da castanha. 
  • Manteiga
  • Ovos
  • Baunilha - é um ingrediente opcional, mas que também combina com o sabor da castanha.

    tarteletes-castanha-chestnut-tarts_2.jpg

Modo de preparação

  • Como costumo comprar massa folhada rectangular, e as mini-tartes são de formato redondo (e também para não desperdiçar massa) enrolei a massa até formar um rolo e cortei a massa em 8 partes, como se faz para a base dos pastéis de nata (podem ver um exemplo aqui em video a partir dos 35min).
  • Cada porção é colocada na base da respectiva fôrma com o formato de espiral virado para cima; molham-se os dedos em água e vai-se pressionando a massa em direcção às bordas da fôrma, repetindo a operação para as restantes tarteletes.
  • Enquanto se prepara o recheio, guardam-se as mini-tartes no frigorífico para que a massa folhada não fique à temperatura ambiente, pois quanto mais fresca, mais crocante fica ao cozinhar no forno (se fizerem esta receita num dia mais quente até podem colocar as tarteletes no congelador - desde que seja entre 15 a 30 minutos).
  • As castanhas devem ser previamente cozidas (com ou sem casca) em água com sal e um pau de canela. Podem-se utilizar castanhas frescas ou congeladas.
  • Trituram-se as castanhas num robot de cozinha ou picadora, mas quem quiser pode também usar o passe-vite como opção para reduzir as castanhas a puré.
  • Depois de cozidas e descascadas, pesei as castanhas e tinha na altura cerca de 350 gr, que foi o que utilizei nesta receita; é por essa razão que as minhas mini-tartes têm uma quantidade generosa de recheio... É também por isso que reduzi na lista de ingredientes a proporção de castanha cozida, sendo a ideal entre 250 a 300 gr .
  • Misturam-se os restantes ingredientes - ovos, manteiga, açúcar e baunilha, envolvendo bem e para ficarem bem ligados.
  • Divide-se o recheio pelas tartes forradas com a massa folhada, e levam-se ao forno.
  • Podem ser servidas simples ou polvilhadas com um pouco de açúcar em pó.

 

 

 

Obrigado pela visita

Não se esqueça de SUBSCREVER para receber cada post directamente no seu e-mail.

 

Siga o blog 

FACEBOOK  |  PINTEREST  |  INSTAGRAM

 

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.